Parceria entre PF e FBI para combater crimes cibernéticos será dividida em etapas no Brasil e nos EUA

postado 08/02/2018 por

A parceria entre a Polícia Federal e o FBI para combater crimes cibernéticos, incluindo a força-tarefa que atuará contra as "fake news” (notícias falsas) nas eleições de 2018, será dividida em duas etapas: uma no Brasil e outra nos Estados Unidos.

 

Um grupo de peritos do FBI deverá desembarcar no Brasil após o carnaval para compartilhar conhecimento sobre o combate a crimes cibernéticos como notícias falsas e questões relacionadas à "deep web" (saiba mais no blog Segurança Digital, do G1).

Policiais brasileiros também deverão ser enviados em breve para um centro de fusão cibernética do FBI, um dos mais avançados do mundo, para ganhar experiência nessas investigações.
 
Uma das questões mais difíceis ao lidar com esse tipo de crime são as tecnologias de criptografias desenvolvidas pelos criminosos como resposta ao combate mais efetivo dos crimes cibernéticos.
 
A depender do nível de parceria que for firmado, a PF estuda, inclusive, manter policiais federais no centro de fusão cibernética americano para combater crimes no Brasil.
 
A cooperação internacional no caso de crimes cibernéticos foi um dos que mais avançaram durante a ida do diretor-geral da PF, Fernando Segovia, aos Estados Unidos nos últimos dias.
 
Quinta-feira, 8 de fevereiro de 2018
Fonte: G1

SHIS QI 9 Conjunto 11 CS 20 - Lago Sul CEP:71625-110
Brasília - DF
 

Telefones: (61) 3345.0882 / 3346.9481 / 3346.7235 / 3345.1123  
Email: apcf@apcf.org.br