Perícia analisará download e compartilhamentos de imagens

postado 23/10/2017 por

O material apreendido no Ceará será analisado durante os próximos 30 dias pela equipe de técnicos da Perícia Forense do Ceará (Pefoce)

 
O perito criminal e secretário executivo do órgão, Átila Einstein, explicou que os downloads e compartilhamentos dos vídeos e das imagens de pedofilia geralmente acontecem em páginas abrigadas na chamada Deep Web (ou Web obscura). “É um conjunto de páginas e sites que não estão disponíveis nos buscadores. Para achá-las é preciso saber exatamente o que está procurando”,detalhou.
 
Em laboratório, conforme Átila, a Pefoce analisará a recuperação de arquivos apagados e informações relativas à compartilhamentos. “Temos equipamentos tecnológicos que permitem isso. Como o chamado UFED, que permite recuperar o que foi extraído”, destacou. Conforme ele, nesse segundo momento da operação Luz na Infância, serão analisadas também informações a páginas que tenham sido acessadas. “O fato de não ter sido encontrado em um primeiro momento não quer dizer que não existe”, complementou.
 
A existência de grupos de compartilhamento também será estudada pela equipe de técnicos da Pefoce. “Uma situação é baixar e outra é compartilhar, utilizando por exemplo o software conhecido como Shareaza, que compartilha com pessoas que tem interesse na mesma informação”, detalhou.

Segunda-feira, 23 de outubro de 2017
Fonte: O Povo

 

SHIS QI 9 Conjunto 11 CS 20 - Lago Sul CEP:71625-110
Brasília - DF
 

Telefones: (61) 3345.0882 / 3346.9481 / 3346.7235 / 3345.1123  
Email: apcf@apcf.org.br