Peritos da Lava Jato já entregaram 1.600 laudos

postado 12/09/2018 por

Em quatro anos e meio de operação, perícia criminal da Polícia Federal analisou cientificamente 6 mil itens apreendidos em 53 fases

 

O número de itens analisados cientificamente pela perícia criminal da Polícia Federal para a Operação Lava Jato chegou a 6 mil. Os dados são relativos ao período de março de 2014, quando a operação foi às ruas pela primeira vez, até julho passado. Ao todo, já foram produzidos 1.650 laudos. No último mês de março, quando a Lava Jato completou 4 anos, eram contabilizados 1.525 laudos.

O objetivo do trabalho dos peritos criminais federais é analisar cientificamente os materiais relacionados a possíveis crimes e verificar se podem ser usados como provas materiais. Esse trabalho tem sido determinante para as decisões tomadas pela Justiça no âmbito da Lava Jato, sustentando, inclusive, condenações.
 
Ao todo, foram analisados quase 4,5 mil dispositivos de armazenamento de dados informáticos, incluindo computadores, HDs, pen drives, tablets, CDs, DVDs e itens. Foram também avaliados cerca de mil celulares, 30 munições e algumas armas de fogo.
 
Há ainda 150 laudos com conteúdo de exames financeiros e contábeis produzidos com base em documentos relativos a esses assuntos.
 
A produtividade anual da perícia criminal federal, que é uma das carreiras da PF, aumentou nos últimos anos. Passou de 43 mil laudos por ano em 2012 para 52 mil em 2017, mesmo com o número de peritos criminais estagnado em 1,1 mil durante todo o período.
 
Quarta-feira, 12 de setembro de 2018
Fonte: Estadão

SHIS QI 9 Conjunto 11 CS 20 - Lago Sul CEP:71625-110
Brasília - DF
 

Telefones: (61) 3345.0882 / 3346.9481 / 3346.7235 / 3345.1123  
Email: apcf@apcf.org.br