Ato por aposentadoria justa reúne policiais de todo o Brasil em Brasília

Ato por aposentadoria justa reúne policiais de todo o Brasil em Brasília

Em mais um ato da União dos Policiais do Brasil (UPB), milhares de profissionais de segurança pública manifestaram descontentamento ao tratamento que a categoria vem recebendo na reforma da Previdência. A mobilização, que contou com a participação de policiais de todo o Brasil, aconteceu nesta 3ª feira (2/7), em Brasília.

No local da imobilização, cruzes fincadas no chão, uma lápide e um caixão simbolizavam os policiais mortos todos os anos no país em serviço ou por causa da função que exercem. Além disso, faixas com palavras de ordem pediam mais respeito por parte do governo e do Legislativo com a classe. Parlamentares favoráveis aos pleitos da UPB também apoiaram o ato.

A Associação Nacional dos Peritos Criminais Federais (APCF), integrante da União, esteve presente na manifestação. O presidente da APCF, Marcos Camargo, chamou a atenção para a necessidade de união entre as polícias brasileiras para combater as inconsistências da PEC 6/2019. “A vitória será de todos, e nós vamos continuar lutando por todos.”

“Nós não estamos defendendo apenas uma aposentadoria justa. Estamos defendendo um sistema e um modelo de segurança pública que a sociedade pediu e exigiu”, complementou.

Reivindicação

A UPB trabalha pela aprovação de destaque na Comissão Especial da Câmara dos Deputados que atende a todos os trabalhadores da segurança pública. A proposta de alteração ao texto busca trazer regramento compatível com as particularidades e peculiaridades da atividade desempenhada pelo profissionais da área.