Sessão solene na Câmara homenageia policiais federais

Sessão solene na Câmara homenageia policiais federais

A Câmara dos Deputados fez nesta 2ª feira (2/12) uma sessão solene em homenagem ao Dia do Policial Federal. O presidente da APCF, Marcos Camargo, participou do evento como representante da perícia criminal federal. Em seu discurso, Camargo afirmou que a PF experimenta índices cada vez maiores de aprovação graças ao êxito de seu trabalho em diversas áreas, inclusive no combate à corrupção e ao crime violento. 

“A PF não é somente a Lava Jato e o combate à corrupção. A Polícia Federal também é a polícia do combate ao narcotráfico, aos crimes ambientais, aos crimes cibernéticos, entre outros. É a polícia do respeito à dignidade e aos direitos humanos. É uma polícia moderna, que desenvolve e emprega tecnologia de ponta para a produção qualificada de provas científicas destinadas ao processo penal”, disse Camargo. 

O presidente da APCF atribuiu o sucesso da PF ao trabalho árduo realizado por integrantes de todas as carreiras, servidores e colaboradores que compõem a instituição. “Muitos se dedicam dia e noite, por vezes com o sacrifício da própria vida, para fazer essa Polícia Federal tão elogiada por todos e que contribui para a busca de um país melhor”, afirmou.

Apesar dos avanços, Camargo afirmou que ainda há muito a ser aprimorado. Ele listou a melhora do acompanhamento psicológico dos servidores, ajustes nas regras de pensão por invalidez permanente e a igualdade de oportunidades no departamento. Ele também ponderou a necessidade de se “valorizar cada vez mais a ciência como orientadora das políticas públicas, para a tomada de decisões e para a produção qualificada da prova material”. 

Diretor-geral

A sessão solene foi solicitada pelos deputados Aluísio Mendes (PSC-MA), Ubiratan Sanderson (PSL-RS) e Carla Zambelli (PSL-SP). Também discursou no evento o diretor-geral da PF, Maurício Valeixo, que afirmou que o Dia do Policial Federal, celebrado em 16 de novembro, é uma data para reflexão.

“Quando pensamos sobre o que é ser policial federal, pensamos sobre sacrifício, abnegação, missões que impõem distanciamento da família e amigos, trabalhos em localidades de difícil provimento, sempre com o único objetivo: servir o Estado e a sociedade brasileira”, afirmou o diretor-geral.

Também participaram da solenidade o presidente da Associação Nacional dos Delegados Federais (ADPF), Edvandir Paiva, o presidente da Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef), Luis Antônio Boudens, o presidente da Associação Nacional dos Escrivães de Polícia Federal (Anepf), Flávio Werneck, e o presidente da Associação Nacional dos Servidores da Polícia Federal (Ansef), Carlos Alberto Tartarone. 

Confira a sessão solene na íntegra.

2ª feira, 2 de dezembro de 2019