APCF entrega sugestões ao PL que garante segurança e saúde a policiais

APCF entrega sugestões ao PL que garante segurança e saúde a policiais

“É necessário olhar com mais atenção para a saúde e segurança dos policiais brasileiros.” São com essas palavras que o presidente da Associação Nacional dos Peritos Criminais Federais (APCF), Marcos Camargo, defende a importância do projeto de lei da Câmara que institui diretrizes para a saúde e a segurança no trabalho dos profissionais de segurança pública.

Na 3ª feira (14/5), a relatora da proposta na Comissão de Seguridade Social e Família, deputada Kátia Sastre (PR-SP), recebeu Camargo em seu gabinete para debaterem a iniciativa. Policial militar, a parlamentar reconheceu a necessidade de uma política eficaz para as carreiras de segurança. “Esses profissionais ainda não possuem legislação específica sobre o tema, e isso precisa ser mudado.”

Durante o encontro, o presidente da APCF ressaltou dados do Fórum Brasileiro de Segurança Pública que mostram que 67% dos policiais brasileiros têm medo de serem mortos dentro e fora do serviço. Além disso, o levantamento também constata que 15,6% dos agentes de segurança já foram diagnosticados com algum distúrbio psicológico.

“Nossas sugestões ao texto são pontuais, para trazer um pouco mais de responsabilização do órgão no sentido de promover um acompanhamento mais eficaz aos policiais e demais colegas da segurança pública”, ponderou Camargo.