Projeto Minerva: curso para peritos criminais estaduais é ministrado no INC

Projeto Minerva: curso para peritos criminais estaduais é ministrado no INC

Peritos criminais federais do Serviço de Perícias em Laboratório (SEPLAB) ministraram curso, de 18 a 22 de novembro, para profissionais da perícia criminal dos Estados e do Distrito Federal. Cerca de 12 alunos participaram do Curso Intermediário de Instrumentação em Química Analítica (CG/EM), que aconteceu no Instituto Nacional de Criminalística (INC), em Brasília. 

O curso faz parte do Projeto Minerva, que visa a treinar peritos criminais de todo o país para a realização da análise e identificação de novas substâncias psicoativas. Dividida em três módulos, a capacitação está sendo realizada em ação conjunta entre a Polícia Federal, a Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (Senad) e a Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp).

“O governo realizou um grande investimento para a melhor estruturação das perícias estaduais. Esta iniciativa resultou na compra de diversos cromatógrafos gasosos, que são utilizados nas análises laboratoriais. E o Projeto Minerva tem como objetivo principal treinar os peritos criminais dos estados e do DF para a utilização correta dos equipamentos, além da identificação das novas substâncias psicoativas, que são uma realidade no Brasil”, explica do perito criminal federal Maurício Leite, um dos coordenadores da capacitação.

A aula inaugural do curso contou com a participação de diretor Técnico-Científico, Fábio Augusto Salvador, do presidente da APCF, Marcos Camargo, do secretário nacional de Políticas sobre Drogas, Luiz Roberto Beggiora, e do perito federal João Carlos Ambrósio, representante da Senasp. “Esse trabalho de integração é importante e necessário para que tenhamos uma perícia criminal cada vez mais forte em todo o Brasil”, destaca Camargo.

Em dezembro acontece a última etapa do projeto-piloto de capacitação de 2019. A perspectiva é que a partir de 2020 a iniciativa se torne um programa de governo, e possa capacitar mais de 200 profissionais até 2022.

6ª feira, 22 de novembro de 2019