Reforço para PF: novos peritos federais começam a tomar posse

Reforço para PF: novos peritos federais começam a tomar posse

A edição do Diário Oficial da União (DOU) desta 2ª feira (11/11) publicou a nomeação de 57 novos peritos criminais federais. Alguns deles já começaram a tomar posse também nesta 2ª. Os profissionais concluíram o curso de formação da Academia Nacional de Polícia (ANP), em Brasília, e se formaram na última 6ª feira (8/11).

“Ainda é grande o déficit de peritos na Polícia Federal. Os 57 novos colegas têm a missão de dar continuidade ao trabalho que já vem sendo feito pela perícia criminal federal contra o crime e vão contribuir, e muito, para o fortalecimento da criminalística”, afirma o presidente da Associação Nacional dos Peritos Criminais Federais (APCF), Marcos Camargo.

Segundo Camargo, os peritos federais são fundamentais para a PF cumprir sua missão, “porque a ciência é a ferramenta mais valiosa que o Estado tem para enfrentar o crime”.

Formatura

O presidente Jair Bolsonaro, na formatura dos novos integrantes das diversas carreiras da Polícia Federal, afirmou que o Brasil deve muito à PF e que uma boa investigação traz esperança e crença que o país pode realmente mudar. “E vocês têm essa possibilidade agora, ao exercer um bom trabalho, mudar o destino do Brasil”, disse aos formandos. 

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, também presente ao evento, afirmou que “investir na Polícia Federal é responder aos anseios da sociedade por um país mais justo e mais seguro”. Moro disse ainda que a PF não teve problemas de orçamento em 2019, possibilitando a convocação de mais policiais. “Tudo com a compreensão de que a PF é estratégica nesse trabalho contra a corrupção, contra o crime organizado e contra a criminalidade violenta”, sustentou.

O último concurso da Polícia Federal ofertou 1.047 vagas distribuídas nos cinco cargos da carreira. Ao todo, 557 alunos se formaram neste ano. Diretor-geral da PF, Maurício Valeixo lembrou que está previsto para março de 2020 o início dos novos cursos de formação com 560 alunos. Cerca de 60 serão capacitados para o cargo de perito criminal federal. “A decisão do governo de autorizar a convocação dos excedentes tem reflexo direto no processo de fortalecimento da Polícia Federal.”

ANP

O treinamento na ANP incluiu aulas teóricas e práticas, em regime de semi-internato. Para auxiliar os alunos dos cursos de formação, a APCF montou um inédito espaço de convivência dentro da Academia. O ambiente é aberto a todos os alunos e tem como objetivo contribuir para a integração dos aspirantes.

Confira mais fotos da formatura aqui.

2ª feira, 11 de novembro de 2019