Setembro Amarelo: APCF promove palestra de conscientização no INC

Setembro Amarelo: APCF promove palestra de conscientização no INC

Sob a premissa de que é preciso falar sobre o suicídio e quebrar tabus no ambiente de trabalho, a Polícia Federal promoveu nesta 5ª feira (12/9), em Brasília, uma palestra para aprofundar a discussão sobre a causa que deu início à campanha Setembro Amarelo.

O evento, que contou com o apoio da Associação Nacional dos Peritos Criminais Federais (APCF), da Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef) e do Sindicato dos Policiais Federais no Distrito Federal (Sindipol-DF), lotou o auditório do Instituto Nacional de Criminalística (INC). Além dos peritos criminais federais, agentes, escrivães, delegados, papiloscopistas e servidores administrativos da PF participaram do encontro.

Segundo uma pesquisa divulgada pelo Grupo de Estudo e Pesquisa em Suicídio e Prevenção (Gepesp), ligado à Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), de 2009 a 2019, mais de 30 policiais federais tiraram a própria vida. Presidente da APCF, Marcos Camargo destacou que é necessário debater o assunto conscientemente e ressaltou que o órgão precisa estar preparada para enfrentar o problema.

“Não podemos encarar a depressão como bobagem. Ela é uma doença e precisa de tratamento médico e psicológico. É fundamental investimentos em atenção profissional especializada ao servidor e priorizar um ambiente de trabalho sadio”, afirmou Camargo.

Quem também prestigiou o evento foi o diretor Técnico-Científico (Ditec), Fábio Salvador. Destacando a quantidade de policiais federais que se suicidaram nos últimos anos, Salvador cobrou reflexões profundas sobre o assunto.

Na mesma linha de pensamento, o diretor de Gestão de Pessoal (DGP), Delano Cerqueira Bunn, defendeu uma relação saudável entre os servidores da PF. “Com essa rede positiva de ajuda ao próximo será mais fácil prevenir e agir de forma precisa.”

O superintendente regional da PF no DF, Márcio Nunes de Oliveira, lembrou os casos recentes na instituição e pediu uma salva de palmas em homenagem aos ex-colegas. “Que sejamos vigilantes uns com os outros e que cada um consiga ser o apoio que o próximo precisa.” 

Com o tema “Felicidade no mundo atual”, o psicólogo Wander Pereira fechou o evento com uma palestra aos presentes. Ele falou sobre a importância de estar bem consigo mesmo e deu dicas sobre enfrentar os obstáculos da vida. “Acredite, a felicidade lhe ajuda a alcançar resultados positivos e não ao contrário.”

Fotos: André Zímmerer