Trabalho da perícia federal sobre Brumadinho é destaque na imprensa

Trabalho da perícia federal sobre Brumadinho é destaque na imprensa

O jornal Valor Econômico destacou o trabalho científico que vem sendo desenvolvido pelos peritos criminais federais para apontar as responsabilidades e as consequências do rompimento da barragem de Brumadinho.

Em reportagem publicada no sábado (25/1), dia em que a tragédia completou 1 ano, o jornal chamou atenção para dados que apontam que até agora a perícia federal já concluiu mais de 70 laudos a respeito de diversos aspectos relacionados ao episódio.

As informações foram divulgadas em nota pela Associação Nacional dos Peritos Criminais Federais (APCF) também no sábado. No comunicado à imprensa, a entidade ressalta  que foram produzidos e entregues, ainda em 2019, três laudos e um parecer técnico que demonstram, especificamente, as causas do rompimento e as responsabilidades pela tragédia. Leia a íntegra da nota aqui

“Em 2003, ao investigar o rompimento da barragem de Cataguases (MG), os peritos apontaram negligência e excessivo prolongamento da vida útil da estrutura, e apontaram ações necessárias para evitar novos acidentes. Em 2015, os peritos atuaram na tragédia de Mariana (MG) e concluíram que as falhas poderiam ter sido corrigidas antes do acidente”, destacou o Valor Econômico. 

Clique aqui para ler a reportagem completa.

2ª feira, 27 de janeiro de 2020